terça-feira, 18 de Maio de 2010

O Relatório Beveridge


O economista e reformista social britânico William Henry Beveridge (1879-1963) elaborou em 1942 o Report on Social Insurance and Allied Services, famoso Plano Beveridge, visando libertar o homem da necessidade. Propôs, assim, que todas as pessoas em idade de trabalhar deveriam pagar uma contribuição semanal ao Estado. Esse dinheiro seria posteriormente usado como subsídio para doentes, desempregados, reformados e viúvas. Os subsídios deveriam então tornar-se um direito dos cidadãos, em troca de contribuições, em vez de pensões dadas pelo Estado. Segundo Beveridge, este sistema permitiria um nível de vida mínimo, abaixo do qual ninguém deveria viver. Instituiu um modelo de segurança no rendimento, contra todo o risco que ameace o rendimento regular dos indivíduos. 
Surge, a partir de então, o modelo estadual de apoio à família, assistência na doença e controlo do desemprego. Assim podemos dizer que foi a base da criação de um sistema de segurança social que apoiasse a população nos momentos de maior dificuldade, garantindo um nível mínimo de vida com condições mínimas de saneamento básico e alimentação.
Fontes: 
Wikipedia
Citi
Jus2
Royal Statistic Society 
Liberal History
Manel

Sem comentários:

Enviar um comentário