terça-feira, 3 de novembro de 2009

Rik Lina

Pessoalmente não conhecia este pintor holandês, adepto da corrente surrealista, mas depois de ver os seus quadros achei que devia fazer um post sobre ele. Rik Lina nasceu em Valkenburg-Houthem, uma localidade da Holanda, tendo crescido em diversas cidades deste mesmo país. Entre os anos de 1962 e 1972 viajou por toda a Europa e África.




Angel Falls, 1993





City Jungle, 1993


Em 1972, apresentou as suas primeiras exposições a solo num museu em Amesterdão, capital da Holanda, tendo também colaborado com algumas revistas holandesas como a MOKSHA e BRUMES BLONDES.




Secret language, 1993




Serpent sun - tripych, 1994





Jungle fever, 1995

Nos anos seguintes, Rik Lina promove as suas exposições em diversos países como Paris, Hannover, Poznan, Londres, Zielona Gora, Leiden, Leeuwarden, Santiago de Chile, São Paulo, entre outros.




Pentration, 2004




Face of chaos, 2006

A partir de 2000 começa a estabelecer ligações com Portugal, nomeadamente com a Fundação Cupérnico de Miranda, em Famalicão, participando em 2004 numa exposição "O Surrealismo Abrangente", também nesta Fundação.

Para além destas exposições em Famalicão, em território português, Rik Lina já participou em exposições em cidades como Coimbra e Porto.




Folheto de publicidade a uma exposição de Rik Lina na Fundação José Rodrigues, no Porto


Fontes:
http://www.matta-art.com/lina/lina.htm
http://www.riklina-art.nl/
http://www.janholleman.com/01rikJ_e.html

Carolina

1 comentário:

  1. Um óptimo entusiástico!! Muito contente! Um pintor realmente muito bom! FM

    ResponderEliminar