quarta-feira, 15 de Abril de 2009

O processo de Bessemer

O processo de Bessemer, tal como o nome indica, foi inventado por Henry Bessemer, um engenheiro metalurgista do Reino Unido.


Esta invenção de 1856 tinha como principal objectivo o da remoção de impurezas do ferro pela oxidação com ar soprado através do ferro fundido. A oxidação aumenta assim a temperatura da massa do ferro e mantém-na em estado fundido.

O conversor que Bessemer inventou apresentava vantagens sobre as técnicas já existentes pois este permitia produzir uma melhor qualidade e quantidade de aço.
Este novo processo vinha reduzir o tempo de produção para meia hora e o aço passou a ser vendido a 40 libras/tonelada, que anteriormente era vendido a 60 libras/tonelada.


Explicação do processo de Bessemer

O ferro é introduzido no conversor de Bessemer a uma temperatura de 1250º. A base deste conversor apresenta algumas fissuras, chamadas de tuyeres, por onde o ar sai para dentro do conversor. As impurezas, como o silício e o fósforo, são retiradas transformando-se em escória. Por fim, o conversor é inclinado para que se possa retirar o aço derretido mais facilmente.



Nota:

Apesar de este vídeo ser muito barulhento foi o melhor que encontrei onde se explica, embora seja em inglês, o processo de Bessemer.


Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Henry_Bessemer

http://pt.wikipedia.org/wiki/Processo_de_Bessemer

http://www.infopedia.pt/$processo-de-bessemer

http://www.google.com/ (imagens)

http://www.youtube.com/watch?v=FM50ZYaHkNo



Carolina

7 comentários:

  1. este texto deveria explicar melhor o processo !!!

    ResponderEliminar
  2. Concordo, mas como os posts não devem ser muito compridos e se referem as fontes, ficam tb como sugestões para aprofundamentos pessoais. FM

    ResponderEliminar
  3. deveria ser explicado um pouco melhor mas ta valendo!!!

    ResponderEliminar