sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Tratado de Saint-German-en-Laye

O tratado de Sain-German-en-Laye foi um acordo de paz celebrado a 10 de Setembro de 1919, entre os Aliados e a Áustria.
De entre os 381 artigos deste tratado, destacam-se as cláusulas mais relevantes como:

- o dever da Áustria de reconhecer a soberania da Hungria, a cedência de territórios ao reino dos Sérvios, Croatas, Eslovenos, à Checoslováquia, à Polónia, à Roménia e Itália, bem como a aceitação de regulamentos que obrigavam este país a respeitar as minorias étnicas dentro das fronteiras austríacas

- a permissão de um exército voluntário de 30 mil homens enquanto que a marinha austro-húngara seria distribuída pelos Aliados

- o estabelecimento de compensações económicas pelos prejuízos causados pela guerra, embora estas nunca tenham sido pagas

- e, por fim, a proibição de qualquer acto comprometedor da independência austríaca, de modo a precaver uma aliança com a Alemanha; contudo, mais tarde, a 2ª Guerra Mundial quebrou este tratado com a anexação da Áustria por Adolf Hitler em 1938


Este tratado estabelecia também que a Áustria seria admitida na Liga das Nações, uma organização cujo papel era o de assegurar a paz mundialmente, depois de um período de observação. O território austríaco, devido a este tratado, foi reduzido de cerca de 297.8 mil quilómetros quadrados para apenas 83 mil; também a população diminuiu de 30 milhões para 6 milhões.




Esta imagem representa as diferentes províncias que se formaram após o estabelecimento deste tratado. A linha mais cheia rodeia a Áustria-Hungria "antiga" e dentro dela estão os novos territórios.

Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Tratado_de_Saint-Germain-en-Laye

http://www.infopedia.pt/$tratado-de-saint-germain

www.google.com (imagem)

Carolina

1 comentário:

  1. Óptimo! Com aquela qualidade que já é habitual! O mapa acrescenta muito! FM

    ResponderEliminar